ENFIM A PRIMAVERA, QUE AS CHUVAS CAIAM SERENAS E O PAÍS RENASÇA C/GESTORES ÉTICOS/COMPETENTES.

ENFIM A PRIMAVERA, QUE AS CHUVAS CAIAM SERENAS E O PAÍS RENASÇA C/GESTORES ÉTICOS/COMPETENTES.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

O BRASIL JÁ GASTOU R$2 BILHÕES NO HAITI!! É HORA DE SAIR?

- Matéria de Rubens Valente p/a Folha S.P -
"Valor da operação militar é mais de 6 vezes o que foi destinado à Força Nacional p/governo federal. Quantia equivale a 2 anos de recursos utilizados no principal programa de segurança pública da União".
"O que começou como uma operação emergencial de seis meses, com um custo previsto de R$ 150 milhões, completou no início deste mês oito anos de duração, a um preço de quase R$ 2 bilhões. A operação militar do Brasil no Haiti, iniciada em 1º de junho de 2004 como parte do plano do governo Lula,  para obter um assento permanente no Conselho de Segurança da ONU, consumiu até agora mais de seis vezes o que foi gasto pelo governo federal com a Força Nacional brasileira entre 2006 e 2012. Além disso, equivale a cerca de dois anos de gastos do principal programa de segurança pública da União, o Pronasci. A conta total é ainda maior, pois o ministério alegou não dispor de informações sobre auxílios, indenizações e outros benefícios previstos numa lei, criada após a entrada do Brasil no Haiti, que trata da remuneração de militares que atuam em missões internacionais de paz. Mais de 16 mil militares brasileiros estiveram no país desde 2004. Uma parte dos gastos do Brasil no Haiti é reembolsada pela ONU, responsável pela missão de paz. Até outubro de 2010, foram R$ R$ 328 milhões, ou apenas 25% do total (o ministério não repassou números atualizados). Em nota, o ministério afirmou à Folha que os gastos estimulam a indústria militar brasileira. "A aquisição de material moderno para equipar os militares brasileiros permite, além da eficiência no emprego da tropa, fomentar a indústria de defesa brasileira e projetar o Brasil internacionalmente." Um dos generais que lideraram a missão no Haiti disse, sob garantia de não ser identificado, que o Brasil "já devia ter pensado em sair" do país caribenho. O oficial reconhece que o Brasil não vai retirar suas tropas "tão cedo" e por uma razão política: a missão é usada como cartão de visitas do Brasil no exterior, como um exemplo de sucesso. "A posição da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado  é de que, enquanto for preciso, e isso depende do Haiti e da ONU, nós vamos continuar lá. Os custos que eu vejo são muito menores do que os custos para o Brasil se afirmar como um país que não volta as costas para outro país em necessidade", disse o senador Cristovam Buarque (PDT-DF). “Cerca de 6 mil haitianos entraram no Brasil ilegalmente desde 2010 pelas fronteiras do Acre e do Amazonas".▀
A ajuda humanitária e solidariedade entre nações e povos são necessárias e fundamentais, mas quando estes primordiais objetivos são substituídos por interesses meramente políticos, algo precisa ser feito p/deter essa hipocrisia. O Brasil ajudou e fez s/parte por lá, mas já é hora, por todos os problemas reais que enfrentamos por aqui como a pobreza, a  falta de infraestrutura, a Saúde em frangalhos, a corrupção descontrolada e a violência, do nosso povo receber, exigir atenção, ação e investimentos do governo p/equacioná-los. É preciso dar um basta na vaidade, nos arroubos teatrais e medíocres de Lula que vive oferecendo apoio a  regimes ditatoriais, acabar com gastos desnecessários e investir recursos públicos em áreas fundamentais. O Haiti agora é aqui!
®

2 comentários:

  1. Luiz Carlos Loyola11 de junho de 2012 12:53

    É impressionante a desfesfaçatez e o mau caratismo dos que defendem a presença do Brasil no Haiti !! A reportagem é clara e ao mesmo tempo absurda e a opinião final do blog é correta e digna de aplausos. O Brasil para se afirmar no cenário mundial, ao contrário do que pensa o senador Christovam Buarque, deve fazer a sua lição de casa que está longe de ser feita. Enquanto "tentamos" resolver um problema de outros países, por mais meritórios que sejam, esquecemos dos nossos e postergamos o nosso futuro que já vem sendo postergado por muito tempo. Aquela celebre frase do " BRASIL, UM PAÍS DE FUTURO " é mais atual do que nunca, só que acrescido das palavras " QUE NUNCA CHEGARÁ ........

    ResponderExcluir
  2. Luiz Carlos Loyola11 de junho de 2012 12:55

    Quero dizer " desfaçatez ".. A desilusão, realmente mexe com nossa cabeça e nossos dedos ....

    ResponderExcluir